4 formas de monitorar o tráfego de rede de forma eficiente!

4 formas de monitorar o tráfego de rede de forma eficiente!

A pressão por resultados em cima da equipe de TI é enorme. Com novas tecnologias surgindo todos os dias os gestores cobram cada vez mais eficiência de seus colaboradores. Monitorar o tráfego de rede é uma maneira de evitar problemas e manter os serviços sempre aptos.

Um gerenciamento de rede bem realizado propicia um melhor uso dos recursos de TI da empresa, entregando o retorno esperado dos investimentos em tecnologia empreendidos pela companhia.

No post de hoje veremos 4 formas de realizar um monitoramento de rede eficaz. Confira!

As vantagens do monitoramento do tráfego de rede

A otimização do tráfego de rede obtida pelo monitoramento e alocação inteligente de recursos traz alguns itens desejáveis pelas empresas, como:

  • segurança para a rede;
  • eficiência de recursos;
  • maior controle;
  • tranquilidade para a equipe.

Ao listarmos esses benefícios, alcançados com o acompanhamento da rede, fica fácil entender por que é tão importante realizá-lo.

As formas de fazer o monitoramento

Existem algumas formas de realizar o monitoramento do tráfego da rede corporativa de sua empresa a depender do objetivo. Vamos listar e explicar rapidamente cada uma delas e qual a sua função:

1. Gráfico de utilização

Por meio desta ferramenta é possível verificar o percentual da banda utilizado e realizar um controle das operações. Ao monitorar o incoming traffic e o outcoming traffic, poderá ser efetuado um controle com o objetivo de diminuir lentidões ou interrupções na transmissão de dados.

O monitoramento é realizado em tempo real, dando ao utilizador uma noção do que está acontecendo na rede naquele instante.

2. Gráfico de ICMP

Neste gráfico serão apontadas basicamente a vigilância sobre onde estão ocorrendo perdas de pacotes. Após a identificação desses gargalos a correção poderá ser realizada rapidamente. O gráfico de ICMP monitora todos os pacotes que são transmitidos, evidenciando quaisquer desvios indesejáveis.

3. Gráfico de disponibilidade

Por meio deste gráfico você poderá monitorar os tempos de inatividade que ocorreram na infraestrutura de rede da empresa.

Precisar quando e onde essas instabilidades ocorreram pode ser o princípio para encontrar qualquer falha na rede ou detectar problemas externos que estão ocasionando inconsistências no seu circuito.

Verificar se seu provedor de internet está cumprindo com a demanda especificada em contrato firmado também é uma informação entregue por essa ferramenta.

4. Monitoramento do firewall

Consumos irregulares podem ser comuns em muitas empresas, e esse consumo é capaz de reduzir a banda original destinada à questões da empresa. Esse uso não autorizado pode causar instabilidades na rede e até ser porta de entrada para que vírus se instalem nas máquinas da empresa.

Monitorando seu firewall será possível rastrear a origem do consumo indevido, otimizando o trabalho da equipe e economizando tempo.

A rede corporativa de uma empresa é como as veias, que bombeiam informação e fazem todos os membros trabalharem corretamente. Estar sempre atento ao que acontece na rede é essencial para evitar problemas e prejuízos decorrentes de instabilidades.

Se você gostou das dicas, compartilhe este post em suas redes sociais e ajude os seus colegas a entender a importância de realizar um monitoramento de tráfego de rede nas empresas onde eles trabalham!

Compartilhe

Live A Reply